A história de um dos maiores jogadores da história do futebol Brasileiro, Dirceu Lopes, o Príncipe carinhosamente nomeado pelos amantes do futebol arte. Em uma época com grandes nomes do futebol nacional como Pelé, Tostão, Piazza, Zé Carlos entre outros tantos Dirceu Lopes fez seu nome como ídolo do Cruzeiro.
Model: O Príncipe - A Real História de Dirceu Lopes
Product ID: 2507
Product SKU: 2507
New In stock />
O Príncipe - A Real História de Dirceu Lopes

O Príncipe - A Real História de Dirceu Lopes

Modelo: O Príncipe - A Real História de Dirceu Lopes
Disponibilidade: Imediata
Referência: 9788564158726
Na compra desse produto ganhe 60 Pontos

Por:
R$ 60,00

R$ 54,00 à vista com desconto Boleto - Yapay
ou 2x de R$ 30,00 Sem juros
/ 10
Simulador de Frete
- Calcular frete

A história de um dos maiores jogadores da história do futebol Brasileiro, Dirceu Lopes, o Príncipe carinhosamente nomeado pelos amantes do futebol arte. Em uma época com grandes nomes do futebol nacional como Pelé, Tostão, Piazza, Zé Carlos entre outros tantos Dirceu Lopes fez seu nome como ídolo do Cruzeiro.

 

O livro, lançado em 2014, conta a trajetória profissional do ex-craque cruzeirense, que ganhou o apelido de príncipe. A origem desse apelido está ligada ao talento de Dirceu Lopes nos gramados. Na época, muitos o consideravam o sucessor do ?rei do futebol?, Pelé.

 

A obra foi escrita pelo jornalista Pedro Blank e traz detalhes minuciosos de bastidores e da carreira do ex-jogador, um dos mais brilhantes camisas 10 cruzeirenses. As 344 páginas são, na visão do autor, uma ?reportagem de fôlego? ? disse na época do lançamento.

 

A biografia do craque estrelado reúne histórias curiosas. Uma delas é corte de Dirceu Lopes da Copa do Mundo de 1970 por pressão de militares. Também aborda revelações de bastidores sobre o provável ?esquema? para tirar o título brasileiro da Raposa, em 1974. Tem também reconhecimentos de craques como Mané Garrincha sobre o talento do Príncipe cruzeirense.

Dirceu Lopes atuou pelo Cruzeiro de 1964 a 1977, quando se transferiu para o Fluminense, encerrando a carreira no Uberlândia em 1980. No Cruzeiro foi conquistou a Libertadores da América de 1976, além da Taça Brasil de 1966 e nove títulos estaduais.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.

Características